Análise do livro: A Rapariga do Comboio

A Rapariga do Comboio

Todos os dias, Rachel Watson pega o mesmo comboio para Londres. 
Todos os dias ela vê as casas da janela do comboio, algumas mais familiares do que outras. Entre essas famílias estão, "Jason e Jess", um lindo casal jovem que Rachel gosta de acreditar que são os pares mais felizes e perfeitos do mundo. Isso é até que ela veja algo que desfaça sua lunática fantasia.

O livro é escrito por Paula Hawkins, uma escritora britânica que foi jornalista por 15 anos até se decidir entregar a carreira literária. The Girl on the Train, nome original do livro, é uma história contada da perspectiva de três mulheres diferentes, mas interconectadas. Rachel é a principal narradora e também alcoólatra. Ela está obcecada com seu ex-marido e sua nova esposa, Ana, que começa a narrativa discretamente, antes de se posicionar com mais firmeza à medida que a história avança. Sua casa é uma das que Rachel passa em seu passeio diário de comboio, forçando-a a reviver o divórcio todos os dias.


A Rapariga do Comboio



Além disso, tem o ponto de vista de Megan, personagem glamourosa que Rachel desenhou em sua mente meio perturbada, que, claro, não é tão perfeita quanto ela imagina, e que tem um terrível e escuro segredo.

Fiquei presa desde o início ao livro, fui tão atraída pelo mundo obscuro, torto e obsessivo de Rachel que não pude parar de ler por nada esse livro. Eu queria parar de ler e não conseguia - o que é um sinal de boa escrita e excelente livro, na minha opinião. Estava inteiramente envolvida do começo ao fim, mas simplesmente não conseguia superar as pessoas terríveis que a maioria dos personagens eram. Rachel não é a única desagradável no grupo. Não se engane! Como leitora, busco a redenção e, apesar de ter sido pouco para Rachel, no final, não era suficiente para me satisfazer, talvez esse tenha sido o ponto que me deixou desapontada. Sobretudo a vida real é assim, nem sempre somos surpreendidos com finais felizes. Eu juro, depois de conhecer melhor a Rachel e entrar em seu mundo, eu a entendi, senti pena e queria o melhor para ela.


A Rapariga do Comboio




Se você está procurando por uma história de suspense que irá mexer com seus mais obscuros sentimentos e manter sua atenção, esta é definitivamente a história para você. Os narradores não confiáveis ​​são realmente o que torna esta história única.




Siga-me no Instagram para acompanhar minha atualizações diárias. Criei um ig exclusivo para o blog: @lannemachado_ e outro com fotos de Portugal @enthusiastphoto_pt .

Beijinhos! 

Lanne Machado

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pela sua visita!
A sua interação é fundamental para o progresso do Life Enthusiast.
Deixe seu comentário, responderei assim que possível :)
♡ Blog Life Enthusiast ♡ Instagram ♡ Facebook<a