2 Anos Depois da Transição Capilar | O que Mudou?

2 Anos Depois da Transição Capilar | O que Mudou?

Olá pessoal!

O assunto de hoje é sobre um tema que nunca mais falei aqui no blog, mas que fez toda a diferença na minha vida.

Para quem não sabe, eu passei pela transição capilar, que é quando alguém para de alisar o cabelo com químicas tipo: progressivas, alisamento definitivo e assume os cabelos naturais. Foi no dia 7 de fevereiro que eu tomei a decisão de abandonar a química de vez, a decisão foi fácil, porque eu estava empolgada e super ansiosa, os post abaixo são sobre esse tema.

Leia os post sobre minha Transição Capilar:

Eu entrei na transição capilar para incentivar minha filha a amar seu cabelo do jeito que ele é. Porém eu fiquei meio que paranoica com isso, incentivei muitas pessoas, defendia com unhas e dentes a minha causa. Mas a verdade era que por muitas vezes me senti feia, deprimida. Cortar o cabelo curtinho foi a parte mais difícil e desafiadora, porém necessária. Tive apoio das minhas filhas, do meu marido e de algumas amigas (as verdadeiras) . Mas a maioria das pessoas me olhavam diferente, por vezes me sentia uma "et". 
Junto com a transição capilar, nasceu uma nova pessoa, aquela que não se importa com os padrões impostos pela sociedade, que valoriza quem a valoriza, que se sente feliz do jeito que é sem precisar de rótulos ou ser igual a todo mundo.
Quando o cabelo começou a crescer eu pude perceber o quão cacheado e definido ele era, cuidei muito dele, fiz hidratações, umectacão e produtos específicos para cachos. Não usei produtos caros, usei produtos de fácil acesso e de supermercados, além de azeite, mel, creme de leite, leite e outros que não me recordo agora.

Transição Capilar
Antes da transição capilar

Depois da Transição Capilar
Quando Cortei 
Durante a Transição, a fase mais difícil 
Atualmente estou bem mais tranquila quanto a transição e o tipo de influência que eu quero passar para minha filha. Descobri que o cabelo tem a ver com meu estado de espírito, minha vontade e não segue regra ou padrão. Hoje eu aliso com a prancha, já fiz mechas, uso ele cacheado, faço o que tenho vontade. Entretanto eu cuido dele, hidrato sempre e não pretendo nunca mais fazer progressivas. Só estou a espera dele crescer mais um pouco e ficar no comprimento que desejo.
A mensagem que quero deixar aqui é a seguinte, seu cabelo é sua identidade, ele pode ser do jeito que você quiser, sem seguir padrões ou regras. Se gosta dele liso, alise. Se gosta dele cacheado, deixe ele cachear. Apenas cuide dos seus fios, pois assim como nós, quando eles não são cuidados, ficam sem vida e frágeis.
Posso garantir com conhecimento de causa, que a transição capilar vai muito além de mudança de cabelo ou puramente estética, ela é uma mudança de hábitos, de vida, de pensamentos, de opinião e acima de tudo uma superação.
Seja quem você quiser, saia como quiser, use o que quiser. Apenas seja você, instintivamente, sem rótulos, sem padrões e sem fazer o que os outros querem. Afinal, ser igual e andar fardado é tão chato e piegas, né?!

Vou deixar agora as fotos de maio de 2016 até Junho de 2017, um ano de transformações, adaptações, porém sem nenhum alisamento químico. Não gosto de viver com o cabelo igual, a versatilidade do cabelo cacheado me dar várias opções, passo prancha e deixo cacheado quando me apetece.

Ainda no Brasil

Fotos tiradas já em Portugal.

No inverno o meu cabelo cresceu além do que eu esperava.

E em dezembro 2016, pela primeira vez, eu resolvi ser loira por um mês, pelo menos posso dizer um dia que fui loira... LOL

Em fevereiro de 2017 eu resolvi mantê-los lisos e bem pretos, estava em uma crise de identidade capilar, acontece...

Fotos de maio de 2017, no mês passado, sem aquele preto forte e sendo eu, lisa ou cacheada.

Junho de 2017, definitivamente valeu a pena. Pela primeira vez na vida eu amo meus cabelos. Eu faria tudo outra vez...

Obrigada a todas as pessoas que me acompanharam aqui no blog e me incentivaram. 


Siga-me no Instagram para acompanhar minha atualizações diárias. Criei um ig exclusivo para o blog: @lifeenthusiastblog

Beijinhos!!!!!

Lanne Machado

11 comentários:

  1. oi!!!
    Adorei as fotos :D
    Você fica linda com todos os tipos de cabelo ;)

    bjo

    ResponderEliminar
  2. Oi Lanne! Realmente a fase mais difícil é a transição. Eu também larguei a química há uns 5 anos e posso garantir, foi a melhor coisa que fiz na vida! Cabelo natural é tão simples de cuidar, fora que ele é nossa identidade,ne? Abraços

    ResponderEliminar
  3. Muito legal você contar a sua experiência com a transição capilar, você fez mudanças boas nos seus cabelos, gostei muito do resultado, concordo com você vamos ser uma pessoa sem rótulos, sem padrões, parabéns pela mudança você está linda, bjs.

    ResponderEliminar
  4. Ótima postagem gostei muito, ganhou um fã abraços.

    Me segue, que eu sigo de volta!

    http://nintudo.blogspot.com.br/

    https://plus.google.com/+NinTudo/

    ResponderEliminar
  5. linda transiçao cada vez mais linda todos combinao com vc tem um os traços lindos delicado

    ResponderEliminar
  6. Eu amo cachos!
    Fica mto mais mulherão! Mais chique!
    Adorei! ^^

    ResponderEliminar
  7. adorei os cachos muito lindo amada.,eu amo ficou despojado e natural,parabens.

    ResponderEliminar
  8. Você é bonita dos dois jeitos mas tu ta linda demais com os cachos, ainda não consigo ser só cacheada hahaha

    ResponderEliminar
  9. Você passou por muitas mudanças e todas ficaram muito bem em você. Achei seu cachos lindos, combinam muito com você. É muito bom quando estamos bem conosco e com nossas mudanças.
    http://quadrofeminino.com/

    ResponderEliminar

Muito obrigada pela sua visita!
A sua interação é fundamental para o progresso do Life Enthusiast.
Deixe seu comentário, responderei assim que possível :)
♡ Blog Life Enthusiast ♡ Instagram ♡ Facebook<a