De repente 30

filme


Dizem que 30 anos é a idade do sucesso, é quando a mulher está psicologicamente equilibrada, emocionante madura, profissionalmente estabilizada, pronta para enfrentar com bastante garra e coragem qualquer obstáculo. Dizem também que essa mulher não tem tempo para preocupar-se com decepções amorosas, afinal a fila anda facilmente para ela (pelo menos a fila do banco). 
Mulher madura cheia de convicções, dona de uma segurança que ultrapassa os limites do egocentrismo, essa mulher está pronta e preparada para o resto da vida que lhe aguarda. Mas será que é assim mesmo? Será que maturidade emocional, segurança e sabedoria chegam com os trinta anos?
De acordo com nossa sociedade ditadora, a partir dos trinta a mulher já não pode ter o mesmo espírito de aventura dos vinte, já não pode adotar um visual mais esportista, não pode gostar das mesmas coisas que outrora, aos vinte, gostava. Mas quem preestabelece isso? 
E se essa mulher chegou aos trinta e não casou? E se casou e não teve filhos? Ou se simplesmente ela adota um estilo de vida livre e tenha um affer a casa estação? A mulher de trinta não enfrenta só as primeiras ruguinhas que aparecem quando ela dá aquele sorriso espontâneo e livre, ela enfrenta um monstro chamado sociedade. Sociedade essa que a cobra com tanta voracidade que chega a colocar medo, traumas e dilemas infundados na vida dessa mulher. Claro que nem todas passam por isso, muitas tiram de letra, mas até mesmo aquelas "descoladas", que não se consideram emocionante afetadas, um dia ou outro vão se deparar com o preconceito e a ditadura dos padrões.
A mulher não precisa ter uma idade exata para determinar o que ela quer, quem ela é ou o que ela representa. A mulher apenas precisa seguir seus instintos; fazer o correto para si mesma e para o próximo; ter suas convicções e encontrar seu lugar no mundo, seja ele com quem for ou onde for (na Europa, na Ásia ou no Sertão Nordestino). Ela precisa se livrar das correntes amargas da repressão e ser quem ela é, onde ela quiser.

Texto que escrevi para o blog em homenagem as mulheres, as mães e em especial pelos meus 32 anos. 

Beijinhos!!!!
Sigam-me  o instagram  @lanne_machado_  e @blogdalanne


Conta no Spotify: lannesilva


* Texto de minha autoria, cópia ou reprodução sem os devidos créditos serão proibidas.

Lanne Machado

6 comentários via Blogger
comentários via Facebook

6 comentários:

  1. OOOOIE
    Se tem filme bom e viciante nesse mundo é esse <3 EU AMO DE REPENTE TRINTA <3 Minha mãe ama e sem querer eu peguei esse vicio de amar esse filme também. Eu assisti milhões de vezes e nunca canso... <3

    Beijos, www.valentinices.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade querida. Obrigado pela visita, mas tu gostou do texto?

      Eliminar
  2. Oi Lanne!
    Detesto esses rótulos que a sociedade impõe. 'Vc tem q ser assim, se vestir assim e se comportar assim'. Esses dias uma amiga disse q o cabeleireiro disse a ela q ela não tinha mais idade para usar o cabelo tão comprido, acredita?
    As vezes parece q o mundo está progredindo, e de repente nos deparamos com essas imposições.
    Difícil.
    Beijos.

    www.vintagemoderno.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi. Que absurdo isso,fico pasma com tais atitudes.....

      Eliminar
  3. Obrigada pelas tuas palavras :)
    Espero contar contigo no meu blog mais vezes! Beijinho grande*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode esperar sim flor. Adoro teu blog. Beijinhos

      Eliminar

Muito obrigada pela sua visita!
A sua interação é fundamental para o progresso do Life Enthusiast.
Deixe seu comentário, responderei assim que possível :)
♡ Blog Life Enthusiast ♡ Instagram ♡ Facebook<a