1 Ano de Transição Capilar

Ufaaa!! Venci um ano, a verdade é que nem eu acredito, foram tantas coisas que aconteceram neste tempo que mal consigo organizar cronologicamente as imagens e episódios. Mas aqui estou hoje para contar um pouco dessa luta diárias de aceitação, reconhecimento pessoal e como foi que cheguei a um ano de transição capilar. Let's go!!!


Transição Capilar

Decidi entrar neste desafio por alguns motivos, entre eles pela minha linda "curly girl", tenho uma baixinha linda e inteligente que adora seu cachinhos de molinhas. Depois de tomar consciência do quando ela gosta do seu "bebelo", eu parei para pensar o quanto eu não me aceitava como era, pior que poderia passar uma imagem errada para minha filha, dando a entender que o correto seria alisar os cabelos, pois assim era mais bonito. 
Foi ai que caiu a ficha, eu não me aceitava, me achava feia de cabelo cacheado, até porque meu cabelo nem chegava a formar cachos era uma coisa sem forma e heterogênea. Porque? Porque a moça aqui não sabia cuidar e penteava até esticar com aquelas escolas que assassinavam os cachos, desse jeito é claro que os cachos nunca daria seu ar da graça.


Transição Capilar

Então eu comecei a pesquisar sobre cabelos crespos e cacheados, me deparei com meninas lindas com seus cachos maravilhosos, com orgulho do seus cabelos, meninas e mulheres com atitude. Parei e disse: "É isso, quero ser cacheada com orgulho e sem medo da aceitação dos outros". Foi no dia 7 de fevereiro que eu tomei a decisão de abandonar a química de vez, a decisão foi fácil, porque eu estava empolgada e super ansiosa. 


Transição Capilar
Transição Capilar

Dei o primeiro corte em abril, e depois disso passei pela fase das texturizações até cansar. Em julho eu cortei sem dó nem piedade 25 cm de cabelo, cortei sozinha depois de assistir 5 minutos de um vídeo que que ensinava a cortar estilo long bob. (Por favor, não façam o mesmo). 


Transição Capilar

Depois veio a fase complicada, difícil, me sentia feia e nada assentava em mim, a roupa e o cabelo com a raiz enorme não se harmonizavam. Estava literalmente passando por uma transição capilar, e ela vai além do cabelo, mexe com nosso psicológico chegando a afetar quem está ao nosso redor. Em setembro passei pelo segundo grande corte, na frente long bob e atrás curtinho estilo cabelo de menino.


Transição Capilar

Foi um choque no princípio, me sentia cada vez mais perto do meu objetivo, contudo não estava me sentindo bem,  passar a mão na parte detrás da cabeça e não sentir quase nada de cabelo foi, digamos que, meio esquisito. Essa foi a fase mais complicada, pois não era fã de cabelo curto, por isso eu usei novamente a chapinha e até apliques, pensei até em desistir, mas tive força e apoio da minha filha de dez anos e do meu marido.


Transição Capilar

Junto com as chuvas de Dezembro e o clima natalino vieram os meus cabelos originais, tomei um susto quando vi o quanto eles cresceram, mesmo eu cortando as pontas lisas uma vez por mês eles continuavam crescendo. Essa fase eu chamo de "O nascimento de uma nova Lanne", aquela que se sente bem com o volume do cabelo, que não está nem aí para a opinião desagradável de terceiros, que se sente bem consigo mesma e que valoriza cada fio do seu cabelo natural. Junto com a transição capilar, nasceu uma nova pessoa, aquela que não se importa com os padrões impostos pela sociedade, que valoriza quem a valoriza e que se sente feliz do jeito que é sem precisar de rótulos ou ser igual a todo mundo. 


Transição Capilar

Transição Capilar

Transição Capilar

Transição Capilar

Eu sobrevivi, hoje estou aqui, foi difícil, mas hoje possuo minha verdade identidade, e o legal do cabelo cacheado é a sua versatilidade, posso sim fazer uma chapinha, ou usá-lo preso, com volume, sem volume, de lado e de qualquer jeito. Hoje descobri-me feliz com meu cabelo e principalmente comigo mesma. Posso garantir com conhecimento de causa, que a transição capilar vai muito além de mudança de cabelo ou puramente estética, ela é uma mudança de hábitos, de vida, de pensamentos, de opinião e acima de tudo uma superação.
Fiz um pequeno vídeo para mostrar mais um pouco dessa trajetória e passar uma mensagem as meninas que estão passando pelo mesmo.


Essa foi minha breve história da transição capilar, se tiveres passando por algo parecido, compartilhe comigo. 

Beijinhos ♡♡♡♡♡

Lanne Machado

6 comentários via Blogger
comentários via Facebook

6 comentários:

  1. Eu estou sem passar química no meu já tem sete meses,estou louca para cachear,mas tem hora que dá vontade de desistir,a raiz fica muito feia e acabo escovando os cabelos.
    www.estilosamorena.com

    beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá. Não sabia que estava em transição capilar, mas seus cabelos são cacheados???
      Bjinhos e obrigada pela visita.

      Eliminar
  2. Lanne, eu já te disse que teu cabelo é lindo naturalmente. E, cabelo é uma questão difícil pra mulher... crescemos ouvindo que o cabelo cacheado/crespo é isso, é aquilo.. todas mensagens pejorativas infelizmente. Eu via quando nova o cabelo liso das minhas colegas que faziam (ainda) chapinha e sonhava em ter um tb... cheguei a alisar e fiquei mais de meio ano com eles do jeito q queria, me sentia um mulherão.. mas no fundo sabia q aquela não era eu e no calor do secador e de janeiro resolvi largar de uma vez por todas o kit (secador, escova de alisamento e chapinha) e me aceitar como eu era... e é uma coisa difícil se redescobrir até mesmo pra mim que tive o "cabelo dos sonhos" por tão pouco tempo. Acho que o maior problema como dissestes é não sabermos cuidar e como arrumar nossos cabelos, mas quando se aprende a felicidade é enorme. Ai foi textão.. SORRY! Mas queria mesmo te dizer que estou orgulhosa e feliz por ti ter se mantido firme na tua escolha e descoberto a mulher que tu és, tua identidade. Parabéns, querida! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois eu também passei poe essa fase de ter o cabelão, mas hoje estou gostando mais de mim. Acho que de certa forma somos induzidas pela sociedade a seguir seus padrões de beleza. Obrigada pelas palavras e eu adoro um comentário grande, prova que a pessoa leu e não só apenas veio comentar por comentar. Vamos continuar forte e firme na luta. Bjinhos Ana, você é top. rsrs

      Eliminar

Muito obrigada pela sua visita!
A sua interação é fundamental para o progresso do Life Enthusiast.
Deixe seu comentário, responderei assim que possível :)
♡ Blog Life Enthusiast ♡ Instagram ♡ Facebook<a